Linha de investigação 4

O potencial biotecnológico dos organismos marinhos está relacionado com o facto de a vida no Oceano ser ancestral e exibir uma elevada diversidade, na sua grande maioria ainda desconhecida. Para além disso, as adaptações às condições ambientais marinhas são diversas e únicas, originando uma elevada diversidade química e uma ampla gama de biomateriais e compostos bioativos.

A RL4 pretende desvendar o potencial da costa Noroeste Portuguesa como uma fonte natural de organismos capazes de providenciar múltiplos benefícios à sociedade. Para tal, os investigadores tirarão vantagem da diversidade biológica e química dos organismos marinhos para desenvolver técnicas e produtos inovadores com impacto societal e económico à escala nacional e internacional.

OBJETIVOS

Biobancos marinhos como ferramentas para a biotecnologia marinha
Bioprospecção e clarificação do potencial da costa Noroeste Portuguesa como uma fonte natural de organismos capazes de providenciar múltiplos benefícios à sociedade
Criação de um biobanco georreferenciado de recursos biológicos marinhos
Exploração destes recursos para aplicações ambientais, farmacêuticas e outros usos industriais

ATIVIDADES

  • Biobancos georreferenciados e coleções de culturas
  • Aplicações biotecnológicas
  • Coordenação, Comunicação, Disseminação e Exploração de resultados